ASTIR - Associação dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado de Rondônia Tem problema usar talco na pele do bebê?
Home / Notícias / Dicas de Saúde / Tem problema usar talco na pele do bebê?

Tem problema usar talco na pele do bebê?

Apesar do cheirinho gostoso, os médicos não recomendam que se use talco em bebês, porque, por ser formado por partículas minúsculas, ele pode facilmente ser inalado e aspirado pela criança, ficando preso nas vias respiratórias e nos pulmões e provocando dificuldades para respirar. O mesmo vale para polvilho.

Imagem meramente ilustrativa – Google

Além disso, não há comprovação nenhuma de que talco ajude a prevenir ou melhorar assaduras ou outros problemas de pele, como brotoejas.
No caso das assaduras, o melhor é, a cada troca, limpar bem o bumbum do bebê e secar com uma fralda de pano ou outro tecido bem macio, para não irritar ainda mais o local. Depois de bem seco, aplique uma fina camada de creme anti-assadura. Veja aqui dicas de outras leitoras para combater a assadura.

Se quiser usar alguma coisa para dar uma “secada” a mais na pele do seu filho, prefira maisena ou outros produtos à base de amido de milho, já que eles são compostos por partículas maiores. Ainda assim, todo o cuidado é necessário para não passar nem pulverizar nada próximo ao rosto do bebê. Ponha uma pequena quantidade na sua mão primeiro..

Preste atenção também para deixar o produto longe do alcance da criança. Quando for utilizar, tenha cautela no momento de virar a embalagem e evitar que se crie aquela “nuvem” de pó perto de vocês.

Fonte: https://brasil.babycenter.com/x25008283/tem-problema-usar-talco-na-pele-do-beb%C3%AA/https://www.google.com/search?biw=1366&bih=625&tbm=isch&sa=1&ei=JDWmXNXpAc-y5OUPzPey4Aw&q=uso+de+talcos+em+bebe+imagens&oq=uso+de+talcos+em+bebe+imagens&gs_l=img.12…28371.34308..39106…0.0..0.164.1102.0j7……1….1..gws-wiz-img.2vCMPohwFT0#imgrc=LMrjxzMCuMpFxM:

Texto: https://brasil.babycenter.com/x25008283/tem-problema-usar-talco-na-pele-do-beb%C3%AA

Transcrição: Jornalista Wilson Souza

Não considere quaisquer informações apresentadas nesta apresentação como aconselhamento médico ou diagnóstico. Você deve sempre consultar o médico que é o profissional de saúde qualificado e especializado, antes de seguir qualquer TIPO DE ACONSELHAMENTO OU SE AUTOMEDICAR baseado nessas dicas. A Astir, não se responsabiliza pelo conteúdo do texto da fonte. (Nota da assessoria de imprensa)