ASTIR - Associação dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado de Rondônia Principais doenças da coluna
Home / Notícias / Principais doenças da coluna

Principais doenças da coluna

Os principais problemas de coluna, como lombalgia, artrose e hérnia de disco são comuns na idade adulta e pode estar relacionadas ao trabalho, má postura, sedentarismo.

Quando a dor na coluna é intensa, persistente ou quando é acompanhada por sintomas como dor, queimação, formigamento ou outra alteração de sensibilidade na coluna, braços ou pernas, é importante procurar um ortopedista para que sejam realizados exames. O tratamento pode incluir uso de remédios, fisioterapia e por vezes, cirurgia.

Indicamos aqui as principais doenças que afetam a coluna, seus sintomas e formas de tratamento:

1. Dor nas costas – Lombalgia

Também conhecida por dor nas costas, afeta indivíduos de todas as idades e pode surgir em qualquer fase da vida. A lombalgia pode durar dias ou meses.

Sintomas de lombalgia

Em alguns casos, além de causar dor no fundo das costas, pode causar sensação de queimação ou formigamento numa ou nas duas pernas (especialmente na parte de trás), conhecida por dor ciática, porque afeta o nervo ciático que passa por esta região.

Como aliviar a dor nas costas

Seu tratamento pode ser feito com sessões de fisioterapia e reeducação postural global, conhecida pela sigla RPG. Um bom tratamento caseiro é fazer exercícios de alongamentos e colocar uma compressa morna na região da dor.

2. Artrose na coluna

Apesar de ser mais comum nos idosos, também pode afetar jovem. A artrose na coluna pode ser causada por acidentes, excesso de atividade física, levantar muito peso, mas também há fatores genéticos envolvidos.

Sintomas de artrose na coluna

A artrose na coluna pode ser uma doença grave que gera sintomas como intensa dor nas costas e dificuldade em se levantar da cama, por exemplo.

Tratamento para artrose na coluna

Seu tratamento pode ser feito através da ingestão de remédios para a dor, sessões de fisioterapia e, em alguns casos, cirurgia. Normalmente, quem tem artrose na coluna também sofre de artrose em outras articulações do corpo.

3. Hérnia de disco

Também conhecida popularmente como “Bico de papagaio”, a hérnia de disco pode ser uma situação grave, que requer cirurgia. No entanto, muitos pacientes conseguem viver com uma hérnia sem nenhuma dor.

Sintomas de hérnia de disco

Geralmente, a hérnia de disco causa dor na região onde ela se encontra, além de sensação de queimação, formigamento ou sensação de fraqueza nos braços ou nas pernas. Isso ocorre porque, conforme o disco intervertebral empurra a medula, as terminações nervosas são afetadas, causando dor e formigamento.

Tratamento para hérnia de disco

O tratamento para hérnia de disco pode ser feito com fisioterapia, remédios para aliviar a dor e o desconforto, acupuntura e hidroterapia, mas em alguns casos nem mesmo a cirurgia pode ser o suficiente para curar o indivíduo e, por isso, cada caso deve ser cuidadosamente avaliado pelo médico e pelo fisioterapeuta, para que o tratamento seja direcionado para sua necessidade.

Estas alterações da coluna podem afetar qualquer região da coluna, tanto cervical, como torácica e lombar. Sendo que a região cervical é próxima do pescoço, a torácica é a parte do meio das costas e a lombar é a parte final da coluna, como se pode ver na segunda imagem.

Quando for no médico

É aconselhado ir a uma consulta médica quando há dor na coluna que não passa mesmo com o uso de remédios para dor, receitados pelo médico. O médico mais indicado para procurar nestes casos é o ortopedista, que poderá observar o indivíduo, ouvir suas queixas e solicitar exames, como raio-x ou ressonância magnética, que podem ajudar no diagnóstico, sendo importante para decidir o tratamento mais adequado. A consulta médica também é indicada quando:

  • O indivíduo apresenta intensa dor nas costas, que não cede com o uso de analgésicos e antiinflamatórios;
  • Não é possível se mexer corretamente por causa da dor nas costas;
  • A dor é persistente ou piora com o passar do tempo;
  • A dor na coluna irradia para outras regiões do corpo;
  • Febre ou calafrios;
  • Se tiver tido algum tipo de acidente ultimamente;
  • Se perder mais de 5 kg em 6 meses, sem motivo aparente;
  • Não é possível controlar a urina e as fezes;
  • Fraqueza muscular;
  • Dificuldade em se movimentar pela manhã.

O médico que se deve procurar em caso de dor na coluna é o ortopedista ou o reumatologista. Ele deverá solicitar exames de imagem da coluna como raios-X ou ressonância magnética e depois de ver os resultados decidir pelo melhor tratamento. Na consulta é importante dizer a característica da dor, quando ela começou, o que estava fazendo quando ela surgiu se existe algum momento em que ela piora, se existem outras áreas afetadas.

Fonte: https://www.tuasaude.com/principais-doencas-da-coluna/

NOTA: Todo e qualquer tratamento da coluna deve ser por orientado pelo médico ortopedista-traumatologista ou ainda reumatologista, NÃO tome medicamentos, ou faça qualquer tipo de tratamento sem ser encaminhado pelo médico, pois caso você faça exercícios aleatórios ou tome remédios sem receituário médico, pode causar demora da cura do paciente e colocar em risco sua saúde. Os profissionais Fisioterapeutas podem ser consultados com ou sem encaminhamento médico. A ASTIR mantém um centro avançado de fisioterapia.  

Texto: Adaptação, distribuição e edição: Jornalista Wilson Souza/ https://www.tuasaude.com/principais-doencas-da-coluna/

Não serão apresentadas imagens das patologias da coluna, nesta apresentação, pois são de interesse apenas do profissional médico. (Nota da assessoria de imprensa)

Não considere quaisquer informações apresentadas nesta apresentação como aconselhamento médico ou diagnóstico. Você deve sempre consultar o médico que é o profissional de saúde qualificado e especializado, antes de seguir qualquer TIPO DE ACONSELHAMENTO OU SE AUTOMEDICAR, baseado nessas dicas. A Astir, não se responsabiliza pelo conteúdo do texto da fonte. (Nota da assessoria de imprensa)