PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO – Astir conta com técnica em segurança do trabalho e a CIPA

De acordo com a técnica em segurança do trabalho, Ana Paula Alves, todos os colaboradores estão conscientizados sobre evitar acidentes durante suas atividades.

Ela explica que os equipamentos de segurança individual (EPI’s) são de uso obrigatório, conforme o serviço a ser desenvolvido em vários setores como:

Hospital Tiradentes e Serviço de Pronto Atendimento (SPA) – Luvas, máscaras, gorros, calçado fechado e dependendo do procedimento a Astir dispõe de óculos de proteção e aventais. Todo EPI ou material penso utilizado no SPA são descartáveis, para maior garantia da saúde dos trabalhadores e pacientes.

Manutenção em geral – Elétrica: Luvas de borracha, alicates com cabo isolado para 1.000 Volts, chaves de fenda e Philips também com isolamento, outras ferramentas próprias e/ou específicas para manutenção elétrica, calçados de borracha, escadas com aprovação do Inmetro, entre outros. Hidráulica e serviços gerais: Luvas de proteção a corrosivos e matérias de limpeza, calçado tipo bota de borracha cano longo, óculos de proteção caso a manipulação possa trazer risco aos olhos, entre outros. Pintura reforma e/ou construção em alvenaria: Calçado fechado com solado de borracha especial (evita furar o pé com pregos e outros), luvas de borracha, máscara especial para reter poeira, resíduos diversos, óculos de proteção, escadas e andaimes seguros, entre outros.

Raios-x: Embora este serviço seja terceirizado mesmo assim a técnica do trabalho, Ana Paula, confere diariamente o uso dos EPIs apropriados, pelos técnicos de radiologia.

CIPA – O presidente da Tiago Araújo diz que a CIPA é a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, que tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. Mais de 40 colaboradores receberam treinamento de brigadista de incêndio promovido pelo nosso competente Corpo de Bombeiros Militar, entre outros.

Tiago fala que a Astir está há mais de 2 anos sem acidente de trabalho, por menor que seja e afirma que os extintores, hidrantes, mangueiras e outros meios para combater princípio de incêndio, são regularmente inspecionados e prontos para uso, muito embora, nossa vontade é de nunca precisar usar. “Isso é o resultado da precaução e a constante inspeção da CIPA em parceria com a técnica do trabalho, Ana Paula, para o bem de todos, pontuou.

Texto: Jornalista Wilson Souza
Fonte: Ana Paula/Tiago Araújo/Google
Imagens meramente ilustrativas – Google
Formatação e publicação – Stanley Monteiro

 

Esta notícia foi visualizada 46 vezes