ASTIR - Associação dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado de Rondônia Integração entre Polícia Militar e comunidade reforça segurança do 5º BPM no bairro Jardim Santana, em Porto Velho
Home / Notícias / Integração entre Polícia Militar e comunidade reforça segurança do 5º BPM no bairro Jardim Santana, em Porto Velho

Integração entre Polícia Militar e comunidade reforça segurança do 5º BPM no bairro Jardim Santana, em Porto Velho

O programa de policiamento adotado pela Polícia Militar do Estado de Rondônia visa uma maior integração do policial militar com a comunidade, engrandecendo a participação do cidadão tanto na segurança quanto na resolução de outros problemas locais. Essa filosofia está sendo desenvolvida no bairro Jardim Santana – zona Leste de Porto Velho – com ações de prevenção e policiamento comunitário desencadeadas pelo 5º Batalhão de Polícia Militar (Batalhão Belmont) e os resultados positivos começam a ser detectados com o aumento da sensação de segurança, fazendo com que os moradores que antes se aterrorizavam com crimes como furtos e roubos se sintam mais seguros.

O projeto foi criado pelo comandante do 5º BPM, major PM Glauber Ilton de Sousa Souto, e pelo cabo PM Rodrigo Braga, com intuito de motivar a parceria entre os moradores, Polícia Militar, Polícia Civil e a rede Pública de Educação. Porém, visa ainda integrar outros órgãos e setores, baseando-se na premissa de que a polícia não é a única responsável pela segurança pública e que todos devem unir forças contra a criminalidade. Conforme definido pelo comandante do 5º BPM, o projeto de Intervenção Integrada por uma Comunidade Sem Violência, denominada “i5”, visa identificar, priorizar e resolver os problemas, como crimes, drogas, desordens físicas, morais, com o objetivo de melhorar a qualidade geral de vida do cidadão.

Trata-se de uma Polícia Militar cada vez mais próxima da sociedade, como explica o comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Mauro Ronaldo Flôres Corrêa, acreditando em resultados positivos na questão da segurança pública, inclusive, com a contribuição do cidadão como um aliado contra o crime. Prova disso é que a própria comunidade do Jardim Santana está unida na parceria reforçado uma das medidas adotadas pelo 5º BPM, como a proposta no projeto “Vizinhança Segura” em que os moradores se comunicam através de grupos de WhatsApp e um celular que fica fixo na viatura da guarnição, ou seja, em caso de possíveis ocorrências a mensagem chegará com maior rapidez à viatura que faz parte do projeto.

O comandante-geral da PM sempre tem destacado que a união entre os policiais militares e a comunidade gera confiança, e isso só traz benefícios. As ações da Polícia Militar reforçam a linha de trabalho do governador de Rondônia, Marcos Rocha, quanto à confiança da população na polícia sendo um elemento essencial para a prática do policiamento.

O comerciante Alfredo Vilela destacou ser fundamental a comunidade apoiar a Polícia Militar nesse projeto de Polícia Comunitária que consiste na integração. “Os resultados positivos de ação já estão a olhos vistos. Em poucos dias já temos aqui uma sensação maior de segurança e estamos ouvindo da comunidade a confirmação de que tudo está melhor, ou seja, mais tranqüilo”, definiu o comerciante e, inclusive, organizando o apoio e doações da comunidade para que os resultados positivos do trabalho aconteçam.

MAPEAMENTO

Conforme definido pelo comandante do 5º BPM, major PM Glauber Ilton Souto, o projeto justifica-se pelo fato de que a Polícia Militar como parte fundamental no processo de segurança, mas não a única, deve, através da descentralização de seus recursos e de uma atuação mais próxima da comunidade, atuar em conformidade com as reais necessidades locais.

O projeto destina-se potencialmente aos moradores de bairros da zona Leste de Porto Velho que se encontra em situação de maior vulnerabilidade relacionada à incidência de crimes e violência, sendo que, está sendo desenvolvido inicialmente no bairro Jardim Santana, no entanto, explica o oficial da PM, a expectativa é de que as ações sejam desenvolvidas, posteriormente, em outros bairros, citando como exemplo, o Mariana e Socialista, ambos também na zona Leste da Capital.

Antes de colocar em prática o projeto, o 5º BPM desenvolveu um processo de mapeamento de todos os moradores de cada rua do bairro. “Quando eu disse que ia mapear tudo me disseram que era impossível, que em nenhum lugar se encontrava essa informação sobre o Jardim Santana, que era utopia, ao que respondi que o impossível era a especialidade do 5º Batalhão, agora estamos aí com todas as fichas preenchidas e os dados já sendo trabalhados”, disse o comandante.

O policiamento Integrado propriamente dito será realizado de forma ostensiva em viaturas caracterizadas, compostas por duas guarnições tipo “A”. As equipes realizarão patrulhamento nas ruas do bairro Jardim Santana, atuando de forma preventiva na visita aos estabelecimentos comerciais, educacionais e residenciais da localidade previamente mapeados pelas análises prévias. Atuarão também de forma repressiva, realizando prisões e cumprimento de mandados, além das demais medidas que garantam a ordem pública.

“O 5º Batalhão de Polícia militar conta com policiais militares treinados e equipados para atuar nesta dimensão extremamente relevante do trabalho policial, e nossa capacidade operacional para reprimir os eventos criminais, de forma pontual e objetiva, será ampliada e qualificada através deste projeto”, destacou o major PM Glauber Souto.

Jornalista Paulo Ricardo Leal
Fotos: Cabo PM Raicinaluz

Fonte: http://www.pm.ro.gov.br/index.php/institucional/noticias/7698-integracao-entre-policia-militar-e-comunidade-reforca-seguranca-do-5-bpm-no-bairro-jardim-santana-em-porto-velho.html.html

Transcrição: Jornalista Wilson Souza