Hospital Tiradentes – Médico relata patologias que acometem pacientes internados

O médico, Edgar Tapia, pós graduado em terapia intensiva (UTI) atende diariamente no Hospital Tiradentes os pacientes internados, na qualidade de médico “visitador”, que pode ser definido como o profissional de saúde que investiga a enfermidade apresentada pelo doente, promove a requisição de exames complementares, prescreve medicamentos e dietas, pode ainda solicitar médicos peritos em áreas específicas e ainda encaminhar o associado para hospital conveniado, quando se tratar de doença grave, gravíssima que necessite de internação em Unida de Terapia Intensiva (UTI) (com a colaboração da Enfª Sinara Messias).

Médico clínico geral e e pós graduado em medicina intensiva – Dr. Edgar Tapia

O médico pós graduado em medicina intensiva relata as enfermidades que mais acometem os pacientes internados:

Pneumonia

Pneumonias são infecções que se instalam nos pulmões, órgãos duplos localizados um de cada lado da caixa torácica. Os pulmões fazem parte do aparelho respiratório constituído também pelas cavidades nasais, faringe(estrutura comum aos aparelhos digestivo e respiratório), laringetraqueiabrônquiosbronquíolos e alvéolos.

Respirar é essencial para a vida. O ar penetra pelas fossas nasais (onde é aquecido e umidificado) que são recobertas por cílios cuja finalidade é reter as partículas mais espessas de poeira. Depois, o ar desce pela faringe, passa pela laringe e chega à traqueia, que é formada por anéis de cartilagem horizontalmente dispostos.

Diabetes descompensada

Atualmente milhares de pessoas estão na luta contra a balança, não somente pela questão estética, mas também porque o excesso de peso é um fator para o surgimento de diversas doenças. Na contramão dessa realidade existem também aqueles que, involuntariamente, emagrecem com facilidade.

Ainda que essa condição pareça “sorte” para algumas pessoas, a perda de peso excessiva também é uma questão de saúde: quando o emagrecimento acontece sem razão aparente, sem que o indivíduo faça mudanças severas na dieta ou esforços físicos além do habitual, é preciso ficar alerta. O emagrecimento não-intencional seguido de alguns sintomas como sede em excesso, apetite exacerbado e desejo de urinar constante podem indicar que a glicemia está muito acima do normal. Esse quadro, além de representar um risco à saúde, é um dos principais indícios da diabetes descompensada. Por se tratar de uma doença silenciosa, esses sinais podem passar despercebidos num primeiro momento e só despertar a preocupação dos que convivem com o problema quando os sintomas já estão críticos. É de suma importância que a hiperglicemia seja detectada e tratada, não somente para se recuperar o peso do paciente, mas também para garantir sua saúde, uma vez que este quadro pode levar a complicações severas no organismo.

Arritmia

Arritmia ou palpitação é um distúrbio do ritmo cardíaco, que provoca a sensação de que o coração deixou de dar uma batida. Na maioria das vezes, se ocorre ocasionalmente, esse fato não tem conseqüências. Em alguns casos, porém, pode ser sinal de um problema mais grave. O ritmo das batidas de um coração normal descansado é de 60 a 100 por minuto. Os átrios (as duas câmaras menores do coração) contraem-se simultaneamente e o mesmo acontece, logo em seguida, com os ventrículos (as duas câmaras maiores).

Cirrose hepática

Cirrose é uma doença crônica do fígado que se caracteriza por fibrose e formação de nódulos que bloqueiam a circulação sanguínea. Pode ser causada por infecções ou inflamação crônica dessa glândula. A cirrose faz com que o fígado produza tecido de cicatrização no lugar das células saudáveis que morrem. Com isso, ele deixa de desempenhar suas funções normais como produzir bile (um agente emulsificador de gorduras), auxiliar na manutenção dos níveis normais de açúcar no sangue, produzir proteínas, metabolizar o colesterol, o álcool e alguns medicamentos, entre outras.

A cirrose é mais comum em homens acima dos 45 anos, mas pode acometer também as mulheres. O uso abusivo de álcool fez crescer o número de portadores da doença nos últimos anos.

Hemorragia digestiva

A hemorragia digestiva surge quando aparece um sangramento em algum local do sistema digestivo, podendo ser classificada em dois tipos principal:

  • Hemorragia digestiva alta:quando os locais do sangramento são o esôfago, o estômago ou o duodeno;
  • Hemorragia digestiva baixa:quando o sangramento ocorre no intestino delgado, grosso ou reto.

Geralmente, os sintomas da hemorragia digestiva baixa incluem a presença de sangue vivo nas fezes, enquanto a hemorragia digestiva alta inclui a presença de sangue já digerido pelo estômago, o que, normalmente, deixa as fezes mais escuras e com um cheiro intenso.

O que pode causar a hemorragia.

As causas de uma hemorragia digestiva variam de acordo com o tipo:

Hemorragia digestiva alta

  • Úlcera gástrica;
  • Úlcera duodenal;
  • Varizes esôfago-gástrico;
  • Câncer no esôfago, estômago ou duodeno;
  • Perfuração do esôfago, estômago ou duodeno.

Hemorragia digestiva baixa

  • Hemorróidas;
  • Fissura anal;
  • Pólipo intestinal;
  • Doença de Crohn;
  • Diverticulose;
  • Câncer no intestino;
  • Perfuração do intestino;
  • Endometriose intestinal.

 

O médico ALERTA: Não tome qualquer tipo de medicamento sem receituário médico, sobras de medicamentos ou por indicação de terceiros, pode ser prejudicial para sua saúde e em alguns casos podem ocorrer dosagens altas (overdose) e levar o paciente até o óbito.

O Presidente do Conselho Administrativo da Astir, SGT PM RR Fábio Macedo lembra os associados que o ambulatório da Astir Porto Velho mantém médicos de segundas às sextas-feiras, manhã e tarde para melhor comodidade de todos. O Serviço de Pronto Atendimento (SPA) está aberto 24 horas, 7 dias por semana, cm médico, equipe de enfermagem, Hospital Tiradentes, outros profissionais de saúde de sobre aviso a serviço da sua saúde, afirmou Fábio.

 

Fontes: Dr. Edgar Tapia (médico pós graduado em medicina intensiva e visitador)/ SGT PM RR Fábio Macedo/ Enfermeira Sinara Messias/ https://drauziovarella.uol.com.br/entrevistas-2/pneumonia-2/ https://jeonline.com.br/noticia/8837/diabetes-descompensada-perda-de-peso-acentuada-e-sinal-de-alerta-para-a-hiperglicemia https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/arritmias/

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/cirrose/https://www.tuasaude.com/hemorragia-digestiva/

Texto: Jornalista Wilson Souza e fontes
Fotos: Jornalista Wilson Souza
Formatação e publicação: Stanley Monteiro

Esta notícia foi visualizada 176 vezes