Dica de saúde – Sem orientação médica, suplementos vitamínicos podem prejudicar sua saúde

Apesar de parecerem inofensivos nas prateleiras das farmácias ou de produtos naturais, os suplementos vitamínicos podem causar danos ao organismo se forem tomados sem a orientação de um especialista. Entre os efeitos colaterais, os mais comuns são a diarréia e problemas nos rins e no fígado, explica o endocrinologista Tércio Rocha, membro da Academia Brasileira Anti-Envelhecimento.

Quem toma suplementos com orientação médica também deve ficar atento, já que à hora de tomar a vitamina faz toda a diferença na absorção do nutriente.

As vitaminas A,D, E e K , por exemplo, precisam ser ingeridas após as refeições, já que a presença do alimento ajuda na absorção do suplemento. Por outro lado, a vitamina C deve ser consumida em jejum, pois acaba sendo diluída pelos alimentos ou líquidos presentes no trato digestivo.

Os principais perigos da ingestão de vitaminas sem a orientação de um profissional são a hipo ou a hipervitaminose, que pode causar uma série de complicações como a intoxicação. Na maioria das vezes, quem toma vitaminas em cápsulas joga dinheiro fora porque nem sempre as substâncias são absorvidas corretamente pelo organismo.

– No caso dos comprimidos, a absorção depende da atividade digestiva do indivíduo. Outro fator de influência é a idade. Idosos costumam absorver menos que jovens – afirma o endocrinologista.

A vitamina C é mais bem absorvida pela manhã, antes da primeira refeição do dia. Ela não deve ser consumida após refeições gordurosas e, ingerida antes ou em conjunto com alimentos ricos em ferro, potencializam a ação do nutriente. Outros alimentos acabam bloqueando a absorção de nutrientes, caso dos refrigerantes e do café.

– Alguns alimentos são varredores químicos. Um copo de refrigerante tipo cola, por exemplo, é um grande varredor de vitaminas. A absorção da vitamina C se for ingerida um pouco antes ou junto com um copo de refrigerante, será mínima.

Confira as dicas para melhorar a absorção de nutrientes:

– Nenhuma cápsula substitui a ingestão diária de cinco porções de frutas e verduras. Na dúvida, consuma sempre o alimento ‘in natura’.

– As vitaminas A, D, E e K são lipossolúveis e são absorvidas em um percentual maior quando ingeridas junto com alimentos com um pouco de gordura.

– Bebidas como chá, café e refrigerantes devem ser evitados por quem faz reposição de vitaminas. Eles são varredores de cálcio e magnésio, e atrapalham a absorção e a transformação de vitaminas como a C e as do complexo B. Os refrigerantes também são detergentes e danificam o jejuno e o íleo, locais onde são absorvidas grande parte das vitaminas.

– A melhor hora para ingerir a vitamina C é ao acordar, ou antes, de dormir, de estômago vazio ou duas horas após a última refeição.

– A vitamina E é um potente anti-radical livre e sua recomendação costuma ser de 400 IU, dia sim dia não, para adultos saudáveis. Porém, não pode ser ingerida sem recomendação, já que pode causar cálculos renais e hepáticos.

O presidente do Conselho Administrativo da Astir, SGT PM RR Fábio Macedo explica que o ambulatório da Astir, dispõe diariamente (de segunda a sextas-feiras) profissionais médicos de várias especialidades. Ele explica que o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) atende 24 horas, 7 dias por semana, para urgências e emergências, com médico, equipe de enfermagem, raios-x, laboratório de análises clínicas, aparelhos e equipamentos de última geração, ambulância UTI, URA ou carro de apoio, para transferir o paciente, de acordo com encaminhamento do profissional médico de plantão, através da enfermeira chefe. Outros profissionais de saúde como fisioterapeutas, cirurgiões-dentistas, psicólogas, e outras especialidades médicas de sobre aviso, podem ser chamados para apoio, se assim o médico plantonista entender que deva. “O nosso associado não fica sem atendimento médico e humanizado, porém é importante para o paciente não tomar medicamentos sem receituário médico o que de acordo com a medicina pode ser prejudicial a sua saúde.

Fonte: https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/sem-orientacao-medica-suplementos-vitaminicos-podem-prejudicar-saude-342436.html
Transcrição, adaptação, distribuição e edição de texto: Wilson Souza
Publicação e formatação: Stanley Monteiro (Web design – site e gráfico)
Legenda foto: SGT PM RR Fábio Macedo – Presidente do CONSAD (foto Wilson Souza)
Imagens meramente ilustrativas (Google)

Não considere quaisquer informações apresentadas nesta apresentação como aconselhamento médico, diagnóstico ou afirmação da Astir. Você deve sempre consultar o seu médico ou profissional de saúde qualificado e especializado, antes de seguir qualquer TIPO DE ACONSELHAMENTO ou SE AUTOMEDICAR baseado nessas dicas. A Astir, não se responsabiliza pelo conteúdo do texto da fonte. (Nota da assessoria de imprensa)

Esta notícia foi visualizada 15 vezes