ASTIR - Associação dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado de Rondônia DICA DE SAÚDE – Como escovar os dentes: passo a passo da higiene bucal adequada
Home / Notícias / Dicas de Saúde / DICA DE SAÚDE – Como escovar os dentes: passo a passo da higiene bucal adequada

DICA DE SAÚDE – Como escovar os dentes: passo a passo da higiene bucal adequada

Imagem meramente ilustrativa – Google

Realizar a higiene bucal deve ser uma tarefa diária, com três horários, no mínimo, no dia para fazê-la. Como você costuma escovar os dentes? Ter um sorriso bem cuidado ajuda a evitar os problemas bucais mais comuns, como gengivite, cáries e tártaro, além daquele mau hálito desagradável que ninguém quer ter de manhã.

Sendo assim, a escova e o fio dental são seus principais aliados para garantir uma boa saúde bucal. Mas será que você tem feito uma higiene correta? Que tal aprender de uma vez por todas o passo a passo?

Escolhendo sua escova de dente

A mais bonita escova de dente nem sempre é a melhor. Preste atenção na textura e qualidade das cerdas. As mais macias são ideais para não machucar a gengiva e desgastar os dentes. Por isso, o modelo, geralmente, é o mais recomendado pelos dentistas.

Já cabeça da escova de dente deve ser arredondada para alcançar até mesmo os cantinhos mais escondidos, como a parte de trás dos últimos dentes.

Escolha da pasta de dente

A variedade de cremes dentais nas prateleiras dos supermercados é tão grande que deixa a gente perdido. Mas é muito importante, e todos os dentistas indicam que eles contenham flúor para ajudar no controle de tártaro. Além dos dentes brancos e hálito refrescante tão desejado, claro.

Mais creme na escova não significa mais limpeza. Uma quantidade do tamanho do grão de uma ervilha é ideal para deixar sua boca limpíssima. Um lembrete importante é que a grande quantidade de espuma não é um sinônimo de uma boa higiene bucal. E ainda, ela pode ser até capaz de atrapalhar a realização da limpeza ideal.

Como escovar os dentes corretamente?

Mas, quais são os cuidados com os dentes e dicas de escovação? Vamos começar:

  • Para uma escovação super eficiente, divida sua boca em quatro partes (superior direito e esquerdo, inferior direito e esquerdo) e escove cada uma por 30 segundos. Sem pressa! Uma limpeza completa leva por volta de dois minutos;
  • Faça movimentos de vai e vem sem colocar muita força e velocidade para não machucar a gengiva;
  • E, para o grand finale, não se esqueça de escovar a língua levemente.

Fio dental todo dia

Sabe aquela casquinha de pipoca inconveniente que não sai por nada? É o fio dental que vai ajudar a tirar. Mesmo nos dias de preguiça, ele não pode ser esquecido, já que evita também o acúmulo de placa bacteriana.

Corte aproximadamente 40 cm de fio, enrole nos dedos médios e use os polegares para deslizar suavemente entre os dentes. Cuidado para não pressionar e machucar a gengiva. Ah, e nunca use uma mesma parte do fio para limpar dois espaços diferentes.

Enxaguante bucal

Se você cumpriu todos os passos acima, parabéns! Já está acabando.

enxaguante bucal é o toque final na escovação perfeita, só precisa de alguns cuidados. Escolha algum com flúor na fórmula e prefira o bochecho ao gargarejo, já que engolir enxaguante por acidente pode ser prejudicial à sua saúde.

Depois de cuspir, não lave a boca com água para não minimizar o efeito.

Ficar por dentro de todas as etapas e cuidados sobre higiene bucal é a garantia de um sorriso livre de problemas.

Fonte: file:///C:/Users/Wilson/Pictures/Como%20escovar%20os%20dentes_%20passo%20a%20passo%20da%20higiene%20bucal%20adequada.html

 Transcrição: Jornalista Wilson Souza

Texto: file:///C:/Users/Wilson/Pictures/Como%20escovar%20os%20dentes_%20passo%20a%20passo%20da%20higiene%20bucal%20adequada.html

Imagem: Meramente ilustrativa – Google

Não considere quaisquer informações apresentadas nesta apresentação como aconselhamento médico ou diagnóstico. Você deve sempre consultar o médico que é o profissional de saúde qualificado e especializado, antes de seguir qualquer TIPO DE ACONSELHAMENTO OU SE AUTOMEDICAR baseado nessas dicas. A Astir, não se responsabiliza pelo conteúdo do texto da fonte. (Nota da assessoria de imprensa)