ASTIR - Associação dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado de Rondônia DICA DE SAÚDE – Beterraba: benefícios, como consumir e receitas fáceis
Home / Notícias / Dicas de Saúde / DICA DE SAÚDE – Beterraba: benefícios, como consumir e receitas fáceis

DICA DE SAÚDE – Beterraba: benefícios, como consumir e receitas fáceis

A raiz auxilia nos treinos, previne doenças e ajuda no controle do colesterol, mas deve ser consumida com moderação.

Foto: Shutterstock/Ivanna Grigorova

A beterraba é uma raiz que possui sabor adocicado, é rica em diversos nutrientes e as formas de ser consumida são muito versáteis: crua, cozida, na salada, em sopas e em sucos são alguns exemplos.

Benefícios da beterraba

O pigmento que dá a beterraba sua cor roxo-avermelhado é a betacianina, um poderoso agente de combate ao câncer, principalmente o câncer de cólon, de acordo com a nutróloga Valéria Viana. “Os glóbulos sanguíneos absorvem a betacianina e podem aumentar a capacidade de transporte de oxigênio em até 400%. A beterraba possui também um fito nutriente chamado proantocianidinas que é anticancerígeno”, completa ela.

As beterrabas são excelentes fontes de vitaminas do complexo B, tais como B1, B2, B5, B6 e B9. Esta última, chamada também de ácido fólico, é importantíssima para a mulher grávida, uma vez que é utilizada para o desenvolvimento normal da coluna vertebral da criança, de acordo com Valéria.

Já o suco de beterraba é muito alcalino, o que o torna eficaz no tratamento da acidose. Beber regularmente o suco pode ajudar a aliviar a constipação.

Essa raiz também é rica em fito esteróis, substâncias vegetais que não são produzidas pelo organismo humano. Estes, por sua vez, promovem a redução do colesterol em 30 a 40%.

Além disso, a beterraba possui nitratos, substâncias que produzem no sangue um tipo um gás conhecido como óxido nítrico. O óxido, por sua vez, dilata os vasos sanguíneos e as artérias, reduzindo a pressão arterial. “Por isso, um estudo britânico da Universidade Rainha Mary, em Londres, publicado no jornal Hypertension da American Heart Association, constatou que um copo de 250 ml de suco de beterraba por dia é suficiente para diminuir em 7% a pressão arterial. Ou seja, essa raiz é aliada de quem tem hipertensão”, afirma Valéria.

Veja outras propriedades da beterraba:

  • Fonte de carboidratos
  • Cobre
  • Magnésio
  • Manganês
  • Cálcio
  • Potássio
  • Nitratos
  • Vitamina A
  • Rica em fibras
  • Vitamina C
  • Vitamina E
  • Vitamina K
  • Antioxidantes como carotenoides e licopeno

Informação Nutricional da Beterraba (porção de 100 gramas)

Calorias 49
Proteínas 1,9
Lipídeos 0,1
Colesterol
Carboidrato 11,1
Fibra alimentar 3,4
Cálcio 18
Magnésio 24

Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos – UNICAMP

A beterraba é eficaz contra a anemia?

Ao contrário do que muitos acreditam a beterraba não é um alimento rico em ferro. Por isso a sua contribuição é pequena, não servindo para combater a anemia. “Confira os seguintes dados comparativos: uma xícara de beterraba ralada possui 0,8mg de ferro não-heme (forma do ferro pouco absorvido pelo organismo), enquanto que um bife pequeno tem em média 7,5mg do nutriente”, alerta o nutrólogo Lucas Penchel. O especialista conta também que um bife de fígado contém aproximadamente 8,5mg de ferro heme (ferro bem absorvido pelo organismo) – ou seja, muito mais do que a beterraba. Ela é um excelente alimento com muitas propriedades benéficas à saúde, mas a sua ingestão não combate a anemia, apenas auxilia na prevenção.

Beterraba é aliada de quem pratica exercícios

Ingerir o suco de beterraba auxilia no aumento da resistência física e permite que atletas, principalmente em provas de resistência como corrida e ciclismo, consigam se exercitar por até 16% de tempo a mais, de acordo com um estudo realizado pela University of Exeter, do Reino Unido.

Como consumir a beterraba

De acordo com um estudo britânico da Universidade Rainha Mary, em Londres, um copo por dia e/ou a ingestão de uma beterraba pequena diariamente é o suficiente para ter todos os benefícios. “O ideal é consumi-la crua ou cozida e, de preferência, com a casca, que conserva melhor os nutrientes”, lembra Valéria.

Fonte: https://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/17956-beterraba

Transcrição: Jornalista Wilson Souza

Não considere quaisquer informações apresentadas nesta apresentação como aconselhamento médico ou diagnóstico. Você deve sempre consultar o médico que é o profissional de saúde qualificado e especializado, antes de seguir qualquer TIPO DE ACONSELHAMENTO OU SE AUTOMEDICAR baseado nessas dicas. A Astir, não se responsabiliza pelo conteúdo do texto da fonte. (Nota da assessoria de imprensa)