Clinica Médica – Médico da Astir explica algumas patologias

O médico, Danilo Nunes explica algumas patologias apresentadas em seu consultório na Astir.

Médico Danilo Nunes

Pneumonia:

Pneumonia é uma infecção que se instala nos pulmões, órgãos duplos localizados um de cada lado da caixa torácica. Pode acometer a região dos alvéolos pulmonares onde desembocam as ramificações terminais dos brônquios e, às vezes, os interstícios (espaço entre um alvéolo e outro).
Basicamente, pneumonias são provocadas pela penetração de um agente infeccioso ou irritante (bactérias, vírus, fungos e por reações alérgicas) no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa. Esse local deve estar sempre muito limpo, livre de substâncias que possam impedir o contato do ar com o sangue.

Diferentes do vírus da gripe, que é altamente infectante, os agentes infecciosos da pneumonia não costumam ser transmitidos facilmente.

Sintomas

– febre alta;
– tosse;
– dor no tórax;
– alterações da pressão arterial;
– confusão mental;
– mal-estar generalizado;
– falta de ar;
– secreção de muco purulento de cor amarelada ou esverdeada;
– toxemia (danos provocados pelas toxinas carregadas pelo sangue);
– prostração (fraqueza).

Fatores de risco

– fumo: provoca reação inflamatória que facilita a penetração de agentes infecciosos;
– álcool: interfere no sistema imunológico e na capacidade de defesa do aparelho respiratório;
– ar-condicionado: deixa o ar muito seco, facilitando a infecção por vírus e bactérias;
– resfriados mal cuidados;
– mudanças bruscas de temperatura.

Diagnóstico

Exame clínico, auscultação dos pulmões e radiografias de tórax são recursos essenciais para o diagnóstico das pneumonias.

Tratamento

Apenas o médico é o Profissional de saúde habilitado para realizar o tratamento. NÃO tome medicamentos por conta própria ou por indicação de terceiros, pode ser prejudicial a sua saúde, disse o médico.

Labirintite:

 O que é sintomas e causas 

A labirintite, geralmente, é causada por infecção viral ou bacteriana, mas também pode ocorrer devido à lesão na cabeça, alergia, reação a um determinado medicamento ou transtornos na circulação sanguínea, que afetem o ouvido interior ou o cérebro.

Outras possíveis causas da labirintite são doenças, envelhecimento, problemas cerebrais ou lesões no sistema visual ou musculoesquelético. Tonturas, isoladas ou acompanhadas de perda auditiva, zumbido, sensação de ouvido tampado, cefaléia, náuseas e vômitos são sintomas da doença.

Labirintite é uma doença rara (é o termo correto apenas para a infecção do labirinto, assim como todas as ITES do corpo), mas o termo é muito usado pelas pessoas para definir os sintomas de tontura e vertigem.

Ela se manifesta, em geral, depois dos 40 anos, decorrente de alterações metabólicas e vestibulares. Hipoglicemia, diabetes, hipertensão, otites, uso de álcool, fumo, café, alguns medicamentos, estresse e ansiedade são fatores de risco para labirintite.

Climatério:

Climatério é o período de transição em que a mulher passa da fase reprodutiva para a fase de pós-menopausa. Dessa forma, a menopausa (última menstruação) é um fato que ocorre durante o climatério.

No climatério há uma diminuição das funções ovarianas, fazendo com que os ciclos menstruais se tornem irregulares, até cessarem por completo. Estatisticamente, a menopausa ocorre, em média, aos 50 anos. O climatério tem início por volta dos 40 anos e se estende até os 65 anos.

Sintomas:

Algumas mulheres nesta fase podem sentir ondas de calor, acompanhadas de transpiração, tonturas e palpitações; suores noturnos prejudicando o sono; depressão ou irritabilidade; alterações nos órgãos sexuais, como coceira, secura da mucosa vaginal; distúrbios menstruais; diminuição da libido; desconforto durante as relações sexuais; diminuição do tamanho das mamas e perda da firmeza; diminuição da elasticidade da pele, principalmente da face e pescoço; aumento da gordura circulante no sangue; aumento da porosidade dos ossos tornando-os mais frágeis.

Como enfrentar essa fase?

Procure orientação no serviço de saúde mais próximo de sua casa. Converse com seu médico!

– beba bastante água, principalmente após exercícios físicos;
– use roupas leves e procure ambiente fresco e ventilado;
– pratique exercícios leves regularmente. Caminhada, natação e dança ajuda a fortalecer os músculos;
– evite fumo, álcool ou outras drogas;
– faça refeições mais leves e mais freqüentemente;
– tome sol.

Estas medidas vão contribuir para a melhoria da qualidade de vida e prevenção de doenças como câncer de mama, osteoporose, entre outras.

O climatério e a menopausa não são doenças! São ocorrências naturais do ciclo de vida das mulheres e nem todas apresentarão sintomas no decorrer desse período.

O diretor executivo da Astir, AL SGT PM Alan Mota, informa os associados que o ambulatório da associação, Porto velho, mantém médicos clínicos geral, diariamente e em caso de urgência e emergência o paciente deverá ser encaminhado para o Serviço de Pronto Atendimento, 24 horas, 7 dias por semana, com médico, equipe de enfermagem padrão, Hospital Tiradentes, Raios-x, laboratório de análises clinicas, ambulância, carro de apoio, outros profissionais de sobreaviso entre outros pertinente ao serviço de pronto atendimento, finalizou Alan.

Fontes: Médico Danilo/ Nunes/ AL SGT PM Alan Mota/ http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/233_pneumonia.html/ https://g1.globo.com/bemestar/noticia/labirintite-o-que-e-sintomas-causas-e-tratamentos.ghtml/ http://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/1090-climaterio

Texto: Sites da fonte/ Jornalista Wilson Souza
Foto: Jornalista Wilson Souza
Formatação e publicação: Stanley Monteiro

Esta notícia foi visualizada 30 vezes