Clinica geral – Médica da Astir descreve exames de rotina realizados

De acordo com a médica, Rivani Neves, os associados atendidos em clinica geral no ambulatório buscam realizar exames de rotina (check-up).

Médica Rivani Neves

Os exames de rotina são:

Sangue (hemograma completo, lipidograma, TGO, TGP, uréia, creatinina, hormonais, PCA, PCR, PSA prostático, entre outros.

Outros exames: Clínico, para verificar o estado físico e geral do paciente, parasitológico de fezes, urina, entre outros que o médico entender serem necessários.

Alguns pacientes apresentam patologias diversas como:

Cistite – A cistite o termo para descrever uma inflamação na bexiga. Muitas vezes a cistite confundida com uma infecção urinária, no entanto ela não é sinônima de infecção urinária.

Asma – Asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas. O pulmão do asmático é diferente de um pulmão saudável, como se os brônquios dele fossem mais sensíveis e inflamados – reagindo ao menor sinal de irritação.

Alergia em geral – Alergia ou reação de hipersensibilidade é uma resposta exagerada do sistema imunológico após a exposição a uma série de agentes, em indivíduos predispostos geneticamente.

Medicamentos inibidores do apetite – O tratamento da obesidade pode ser um tratamento tão complexo que os resultados não são os pensados no tempo esperado. Isso pode levar muitas pessoas a pensar em consumir anorexígenos. Por isso, é importante que, se essa idéia passa pela sua cabeça conheça seus efeitos colaterais e contra-indicações.

Os anorexígenos ou inibidores de apetite são os medicamentos mais populares para o tratamento da obesidade. Dentro dos anorexígenos existem diferentes anfetaminas, tais como a Dexfenfluramina, sibutramina  e Difenidramina, mas estes podem causar muitas complicações de saúde; a tal ponto que em muitos países o seu consumo está proibido ou estritamente controlado.

Os riscos do consumo de anorexígenos são muitos. Você pode, talvez, perder peso rapidamente, mas terá que colocar na balança o que prefere: perder peso saudável e lentamente, ou rapidamente em detrimento da sua saúde.

Complicações Do Uso De Inibidores De Apetite

  • Risco de lesões vasculares cardíacas.
  • Hipertensão pulmonar.
  • Doença cardíaca valvular ou insuficiência cardíaca.
  • Insônia.
  • Dependência, o que pode levar ao abuso.
  • Depressão.
  • Anorexia nervosa.

Efeitos Colaterais

  • Sistema cardiovascular:palpitações, taquicardia, hipertensão, arritmias.
  • Sistema gastrointestinal: boca seca, náuseas, vômitos, dores abdominais, diarréia e constipação.
  • Sistema nervoso central: excitação, insônia, ansiedade, depressão, tremores, dores de cabeça, surtos psicóticos, convulsões.

Como você pode ver, as complicações são muitas e graves. Inclusive, em muitos casos, os pacientes que tomam estes medicamentos não têm sintomas específicos ou os atribuem a outras causas, como nervosismo ou estresse.

Além de conhecer as complicações dos anorexígenos, é importante conhecer a interação que este medicamento ocasiona com outros fármacos, então cuidado, não tome sem receituário médico, dia a médica.

CB PM Alan Mota – diretor executivo da Astir

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota informa que profissionais médicos clínicos geral atendem de segunda às sextas-feiras no ambulatório, manhã e tarde. “Em caso de emergência o paciente deverá ser encaminhado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) que permanece de plantão 24 horas, 7 dias por semana, com médico, equipe de enfermagem padrão entre outros profissionais com aparelhos e equipamentos de suporte de ultima geração, completou Alan. “Nós fazemos de tudo para bem atender nossos associados”, disse.

Fontes: Médica Rivani Neves/ CB PM Alan Mota/  http://www.minhavida.com.br/saude/temas/cistite / http://www.minhavida.com.br/saude/temas/asma/

http://www.minhavida.com.br/saude/temas/alergia/ https://www.saudedicas.com.br/emagrecer/remedio/riscos-do-consumo-de-anorexigenos-0635947

Texto: Jornalista Wilson Souza e sites da fonte
Fotos: Jornalista Wilson Souza
Formatação e publicação Stanley Monteiro – Website 

Esta notícia foi visualizada 34 vezes