Dicas de saúde – Como perder peso fazendo caminhada

A caminhada é um exercício simples, barato e faz muito bem à saúde, portanto, se você quer saber se a caminhada emagrece, a resposta é que ela emagrece sim. Mas para emagrecer fazendo caminhada você precisa seguir algumas dicas importantes.

Foto meramente ilustrativa (Internet)
Foto meramente ilustrativa (Internet)

A caminhada é um exercício aeróbico bastante poderoso, isso quer dizer que ela trabalha vários grupos musculares, e com isso provoca grande queima de calorias, fazendo você perder peso.

Por ser um exercício simples, barato e praticamente sem contra-indicações, é recomendada para qualquer pessoa, entretanto, se você já está há muito tempo sem realizar qualquer tipo de atividade física, é importante passar por uma avaliação médica antes de começar a praticar caminhada.

Além disso, é importante providenciar também alguns equipamentos simples, mas que são indispensáveis para o seu bem-estar. Para realizar a caminhada você precisará de um bom par de tênis  e de alguma roupa adequada. No caso da roupa, ela deve ser leve e facilitar a transpiração.

Foto meramente ilustrativa (Internet)
Foto meramente ilustrativa (Internet)

Comece a caminhada de maneira progressiva.

Isso quer dizer que você deve começar devagar, pois o seu corpo precisa ir se acostumando ao exercício. No início o ideal é caminhar durante 30 minutos, 03 vezes por semana. Depois vá aumentando gradativamente, sendo que para perder peso rápido o ideal é caminhar de 01 a 02 horas por dia, 05 vezes por semana.

A caminhada emagrece, mas para colher os benefícios você precisa ser consistente, ou seja, precisa ter disciplina e não abandonar a prática regular da caminhada. Por exemplo, se você ficar 03 dias sem caminhar, isso já resultará em perda de condicionamento físico.

Como melhorar ainda mais os seus resultados

Veja abaixo algumas dicas que podem ajudar a melhorar os seus resultados:

1 – Caminhe de forma mais acelerada

Caminhar mais rápido ajuda a aumentar a queima de calorias. Ao caminhar de maneira acelerada, você deve evitar balançar os braços demais, pois isso prejudica o seu equilíbrio e ainda pode resultar em inchaços.

3
Foto meramente ilustrativa

2 – Caminhe em diferentes terrenos

Subidas e descidas proporcionam aumento da intensidade da caminhada, além disso, essas variações no terreno ajudam na tonificação dos músculos. Se você utiliza a esteira, aumentar a inclinação dela pode ajudar.

Caminhar em trilhas é uma excelente maneira de fortalecer os músculos e queimar calorias, portanto, sempre que tiver oportunidade, caminhe nesse tipo de terreno.

Caminhar na areia também é uma dica interessante.

3 – Caminhem do jeito certo

Existe uma maneira correta de caminhar. Você precisa caminhar com a postura ereta e os braços com movimentos alternados, bem ritmados com os seus passos. Apóie primeiro o calcanhar, e só então o restante do pé.

Outra recomendação: você deve manter o olhar na horizontal e o abdômen contraído.

4- Caminhe sempre que for possível

Se você pode ir ao trabalho a pé, por que ir de carro? Se a padaria fica perto de sua casa, por que não ir a pé?

Aproveite as oportunidades e caminhe, utilize o carro somente quando for realmente necessário.

5 – Suba escadas

Sempre que for possível utilize as escadas. Subir escadas é uma ótima maneira de queimar calorias e tonificar os músculos, portanto, utilize o elevador somente quando for necessário.

Outras dicas para uma boa caminhada

Foto meramente ilustrativa (INTERNET)
Foto meramente ilustrativa (INTERNET)

Mantenha um horário fixo para realizar a caminhada, assim seu organismo se adapta melhor. Prefira caminhar no período da manhã até às 10 horas, e no período da tarde após as 17 horas.

Faça alongamentos antes de caminhar, isso é importante para evitar lesões e deixará você com uma sensação de leveza, e seu corpo ficará mais flexível.

Participe de grupos de caminhada ou caminhe com amigos, isso ajuda a manter a motivação e evita a desistência precoce.

Caminhada emagrece quantos quilos?

caminhada emagrece, mas determinar quantos quilos você perderá ao praticar esse exercício aeróbico é difícil, isso porque cada organismo responde de uma maneira bastante específica.

Entretanto, há relatos de pessoas que conseguiram emagrecer até 09 kg em um mês. Mas é claro que elas seguiam uma dieta saudável e praticavam a caminhada de maneira consistente.

Você também pode alcançar resultados muito interessantes, desde que mantenha uma alimentação balanceada e saudável, e desde que se exercite com frequência.

Foto meramente ilustrativa (Internet)
Foto meramente ilustrativa (Internet)

Caminhada emagrece e melhora a qualidade de vida!

Além de contribuir para a perda de peso, a caminhada melhora a circulação, combate a osteoporose, ajuda a afastar a depressão, previne à diabetes e aumenta a capacidade cardiorrespiratória.

A caminhada é um exercício que você pode começar a fazer hoje mesmo, portanto, aproveite, comece a caminhar e emagreça com saúde!

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota, fala que exercícios físicos são de vital importância, por uma infinidade de benefícios que trás a sua saúde. “Temos profissionais de saúde como médicos e fisioterapeutas que podem indicar aos nossos associados o melhor exercício e avaliar sua saúde orientando de forma correta”, finalizou.

Fonte:  emagrecimentourgente.com/caminhada-emagrece-e-faz-bem-a-saude

Redimensionamento de fotos, distribuição de texto e pesquisa: Wilson Souza (Assessoria de Imprensa – Astir)

Fotos: Meramente ilustrativas (Internet)

Não considere quaisquer informações apresentadas nesta apresentação como aconselhamento médico ou diagnóstico. Você deve sempre consultar o seu médico ou profissional de saúde qualificado antes de qualquer exercício físico baseado nessas dicas.

Dicas de saúde: Cuidados com as unhas

As unhas têm função importante e, muitas vezes, a forma de cortá-las ou o uso abusivo de produtos cosméticos como esmaltes podem prejudicá-las. Veja nossas dicas para manter as unhas saudáveis:

 

Foto meramente ilustrativa (internet)
Foto meramente ilustrativa (internet)
  • Não corte as unhas até o “sabugo”, deixe sempre uma pequena porção da borda livre.
  • Não corte as unhas dos pés pelos cantos, isso evitará que elas encravem.
  • Não retire ou afaste as cutículas, elas protegem a matriz ungueal da ação de substâncias químicas e/ou microorganismos.
  • Evite usar endurecedores de unha, eles podem causar ressecamento e manchas.
  • Evite deixar as mãos úmidas por muito tempo. A umidade excessiva favorece o surgimento de micoses como o “unheiro”.
  • Deixar de usar esmaltes durante 1 semana por mês, usando um hidratante com uréia neste período, ajuda a evitar o ressecamento e desfolhamento das unhas.
  • Tenha o seu próprio material de manicure ou use apenas material que foi esterilizado em autoclave para evitar a transmissão de micoses de unha.
Foto meramente ilustrativa (Internet)
Foto meramente ilustrativa (Internet)
  • Bordas das unhas desfolhando são muito comuns em mulheres que usam esmalte. Parar de usar o esmalte por dois meses e hidratar as unhas caprichadamente neste período costuma resolver o problema.
  • Se você tem o hábito de caminhar, correr, praticar esportes ou dançar e as unhas dos dedões estão ficando roxas, compre um calçado um número maior.
  • Se a unha está encravada, cortar o canto que encravou não vai resolver o problema. Quando a unha crescer, vai encravar de novo. Procure um dermatologista para o tratamento adequado.
  • Descolamento ou espessamento da unha costuma ser resultado de alguma doença, como micose ou psoríase. Procure um dermatologista para o correto diagnóstico e tratamento.

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota diz que a Astir disponibiliza médicos dermatologistas no ambulatório que atendem conforme o link do corpo clinico publicado ao lado direito do site www.astir.org.br. (letras minúsculas) Nosso associado (a) que apresentar algum tipo de doença nas unhas deve procurar o médico. “Eu entendo que não devemos tomar medicamentos sem receituário médico, os médicos atestam que pode ser perigoso para sua saúde”, finalizou.

Não considere quaisquer informações apresentadas nesta apresentação como aconselhamento médico ou diagnóstico. Você deve sempre consultar o seu médico ou profissional de saúde qualificado antes de qualquer tratamento baseado nessas dicas.

Fonte: www.dermatologia.net/dicas-uteis

Pesquisa, resumo, distribuição de texto e redimensionamento de fotos: Wilson Souza

Fotos: Meramente ilustrativas

 

Como cuidar do ouvido

Cuidar do ouvido é importante para evitar problemas como surdez, dor, vertigens, zumbidos e infecções ou inflamação do ouvido. Para isso, existem algumas dicas que devem ser seguidas:

 

Evitar utilizar objetos finos para limpar o ouvido, como cotonetes e canetas, porque podem romper o tímpano ou empurrar a cera para dentro;

 

Utilizar uma toalha macia para limpar apenas a cera fora do canal do ouvido, pois ela é uma proteção natural do ouvido contra infecções e rupturas do tímpano;

1

Usar tampões para ouvidos na piscina e praia, evitando o excesso de água que pode levar ao desenvolvimento de infecções;

 

Manter o nariz limpo, para evitar que as bactérias do catarro se acumulem e passem para o ouvido através do canal que os liga;

3

Não ingerir bebidas alcoólicas, fumar ou ingerir drogas, pois provocam problemas no ouvido que podem afetar o desequilíbrio.

Os pacientes com sintomas de problemas no ouvido devem consultar um otorrinolaringologista para indiciar o tratamento adequado. Já os indivíduos que trabalham em locais barulhentos devem ter, pelo menos, 1 consulta por ano, pois têm maior risco de perder a audição.

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota, fala que o ambulatório do Hospital Tiradentes conta com médicos otorrinolaringologistas, que atendem os associados nos dias e horários conforme consta no link “Corpo Clínico da Astir”, à direita do site WWW.astir.org.br. Os profissionais médicos especialistas em ouvido, nariz e garganta, são altamente capacitados e devem ser consultados quando necessário, disse Alan.

Texto: Wilson Souza/ www.tuasaude.com › Clínica Geral

Fotos: Meramenbte ilustrativas

8 dicas para ajudar a acabar com o estresse

Sabe quando aquelas irritações do dia a dia acabam se tornando um problemão? Pois é, isso tudo é capaz de gerar estresse e atrapalhar toda a sua rotina. Pensando em ajudar você a se livrar deste incômodo, o ConsultaClick pediu uma ajudinha às leitoras e listou 8 formas de relaxar.

Preste bem atenção em cada uma delas e coloque-as em prática. Você vai ver que em pouco tempo se sentirá mais animada. Não deixe de compartilhar as dicas com as amigas e os familiares.

1 Ouça sua música favorita

1

Tem coisa melhor que colocar sua canção favorita para tocar? Escutar música relaxa o corpo e a mente. Na hora em que os problemas surgirem tente colocar os fones e se concentrar, só não exagere no volume, ok?

Saia da rotina

2

Mudar a rotina faz bem não só para a memória, mas também aumenta o ânimo. Fazer um novo caminho, por exemplo, distrai e você pode se deparar com pessoas interessantes e lugares novos. Escolha um novo sabor de sobremesa, almoce em um local diferente ou com outras pessoas. Libere a criatividade.

3 Aproveite os dias de folga

3

Não desperdice os dias de descanso. Use-os para passear, praticar esportes, ver amigos e estar com a família. Que tal aproveitá-los para ensinar algo diferente aos filhos? As meninas irão adorar aprender a fazer brigadeiro de panela com a mamãe e os meninos adorarão construir carrinhos com materiais reutilizáveis.

4 Leia um bom livro

4

Mergulhe em romance. Ler uma obra faz a gente relaxar e se distrair. Conhecer novos lugares, mesmo que por meio da ficção, faz muito bem à mente.

5 Dance

5

Mexa as cadeiras! Dançar. Quer maneira melhor de mandar o estresse embora? Seja sozinha ou de rostinho colado, nada é melhor que dançar para se livrar da tensão gerada no dia a dia.

6 Demonstre carinho pela pessoa amada

6

Abrace, beije, faça um cafuné na pessoa amada. Pode ser no papai, na mamãe, nos filhinhos, no namorado, enfim. O importante é demonstrar todo amor que sente pela pessoa amada. E de quebra, ainda receber tudo isso de volta.

7 Pratique técnicas orientais

7

Já pensou em praticar Ioga ou Tai Chi Chuan? Estas duas técnicas orientais, além de relaxar, fazem muito bem ao corpo. São exercícios que trabalham a flexibilidade e a concentração. Nas grandes cidades há parques que oferecem aulas grátis. Reúna as amigas e aproveite.

8 Acupuntura pode ser recomendada

8

Este técnica medicinal de origem chinesa já é bem aceita pela medicina ocidental. A acupuntura pode ser recomendada para casos mais graves de estresse, mas só deve ser feita com prescrição médica e por um profissional habilitado. A prática já é oferecida pelo Sistema Único de Saúde.

 

Pesquisa, resumo e montagem: Wilson Souza

Fonte: saude.consultaclick.com.br/…/8-dicas-ajudam-a-acabar-com-o-estresse

Fotos: Meramente ilustrativas – créditos consultaclick

O conteúdo editorial do ConsultaClick é inteiramente produzido pela equipe jornalística descrita em “Expediente”, tendo sua supervisão editorial médica feita diariamente pelo Dr. João Paulo Nogueira Ribeiro – CRM SP-99187 e pela Dra. Alessandra Casagrande – CRM SP-133.618

DICAS DE SAÚDE BUCAL: 10 motivos para melhorar a saúde bucal

Caso ainda exista alguém não convencido da importância da saúde bucal, a dentista Daiane Lima de Oliveira Rocha, diretora Executiva da Associação Brasileira de Halitose (ABHA), relacionou 10 motivos para melhorar o cuidado com a boca.

Foto meramente ilustrativa
Foto meramente ilustrativa

Além de evitar doenças em outras partes do corpo, ter um sorriso saudável pode ajudar na qualidade de vida e nas relações sociais.

  1. A saúde bucal pode interferir na saúde geral. Há estudos que relacionam doenças periodontais com problemas cardíacos. Também já foi constatado que pacientes com problemas na gengiva podem ter o nível de colesterol aumentado. Portanto, para ter saúde completa, temos que cuidar bem da boca.
  2. Por razões estéticas, pois o rosto – e a boca – são nosso cartão de visita. Quem não tem vergonha de seu sorriso, consegue se relacionar melhor, tanto no âmbito pessoal quanto no profissional. Isso atinge diretamente a qualidade de vida e a felicidade do indivíduo.

    3. Ficar com hálito agradável, pois o mau hálito gera danos ao seu portador em muitas áreas de sua vida, social, pessoal, íntima, profissional.

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa
  1. Evitar doenças periodontais, como sangramento na gengiva, que como já foi citado, pode ser indícios de doenças em outras partes do corpo.
  2. Evitar cáries e outras alterações que podem gerar dor. Não é preciso sofrer com uma doença que pode ser prevenida com higiene bucal adequada e acompanhamento regular ao dentista.
  3. Ter uma boa mastigação, pois com saúde bucal evitamos perdas dentárias precoces.

     7. Evitar problemas de fala e deglutição, que hoje são tão comuns quando há alterações dentárias e oclusais graves.

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa
  1. Prevenir doenças mais graves e que podem até matar, como o câncer bucal que hoje é bastante comum e pode ser prevenido inicialmente com um bom exame bucal.
  2. Evitar gastos desnecessários com tratamentos de problemas que poderiam ser evitados com uma boa manutenção da saúde bucal.
  3. Facilitar os hábitos de higiene, uma vez que com graves problemas bucais será exigido mais material, maior esforço e mais tempo de cuidado (prevenir é melhor do que curar).

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota, sempre buscando o que há de moderno e profissionais odontologos treinados, capacitados, com várias especialidades disponibilizadas para os associados, atendendo pela manhã e tarde no ambulatório, e em casos de urgência e emergência sempre tem um cirurgião-dentista de sobre aviso, que poderá ser acionado pelo médico ou enfermeira chefe de plantão. “A Astir tem investido muito nas especialidades médicas, odontológicas, psicologia, fonoaudiologia, ultrassonografia, ortopedia, oftalmologia, psiquiatria, proctologia, cardiologia, otorrinolaringologia, novos e modernos aparelhos e equipamentos de alta tecnologia no laboratório de análises clínicas, entre outros”. Para sua comodidade consulte nosso site à direita do mesmo no link especialidades médicas e odontológicas, concluiu Alan.

logo1

Fonte: Montagem e distribuição de texto: Wilson Souza

D icas de saúde bucal – Uniodonto Rio

www.uniodontorio.com.br/Dicas/

Fotos meramente ilustrativas

A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO PARA O BEBÊ E A MÃE

Dia 1o. De agosto marcou o início da Semana Mundial do Aleitamento Materno, período em que se promove a discussão e divulgação da importância e dos benefícios do ato de amamentar e do próprio leite materno para mamães e bebês.

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa

Para os bebês, em especial, o leite materno contém todos os nutrientes e sais minerais que a criança necessita e previnem alergias, obesidade, anemia, asma e intolerância ao glúten, além de contribui na formação do sistema imunológico da criança. Além de ácidos gordos saturados, o leite materno possui uma molécula conhecida de PSTI, responsável por proteger o intestino sensível dos bebês, e por isso, causa menos cólica.

Sob o ponto-de-vista da fonoaudiologia, a amamentação tem uma função de suma importância. A sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária da criança, além do exercício fortalecer os músculos de outras áreas do rosto do bebê como os lábios, boca e língua, os músculos da face, a mandíbula e o maxilar, preparando esses órgãos para o aprendizado da fala.

Para a mamãe, há também muitos benefícios. Primeiramente, a amamentação contribui para que o útero volte ao seu tamanho normal e para que se perca peso, pois consome cerca de 700 calorias por dia. Também reduz o risco da mulher desenvolver doenças cardiovasculares e diabetes após a gravidez, inclusive para àquela que teve diabetes gestacional, e protege contra o câncer de mama e de ovário.

A amamentação é um aprendizado para a mãe e o bebê, fortalece os laços afetivos entre eles e deve ser incentivada para que a criança cresça saudável. A amamentação é um dos meios mais eficazes para garantir a saúde da criança — que nasce com a imunidade muito baixa — e por isso é importante amamentá-la no mínimo até o sexto mês, mas pode ser continuada até dois anos ou mais.

O fonoaudiólogo é capacitado para orientar na amamentação, auxiliando no posicionamento do bebê e na pega adequada do seio materno. Se você tiver alguma dúvida sobre o aleitamento materno e amamentação, consulte o médico pediatra da Astir.

logo1

Fonte: ceong.com.br/a-importancia-da-amamentacao-para-o-bebe-e-a-mae/

Pesquisa, resumo e distribuição de texto: Wilson Souza

Foto: Meramente ilustrativa

Dez dicas para prevenir osteoporose – SBR

* Evitar Quedas e Acidentes Domésticos

Como:

Conferir a graduação das lentes dos óculos

Melhorar o equilíbrio com exercícios, tomando cuidado com uso de medicamentos que possam causar tonturas ou mexer com o labirinto

Evitar objetos em casa que facilitem as quedas ou escorregões como tapetes, pisos encerados etc.

Usar bengala se achar que o equilíbrio está ruim ü tomar cuidado ao subir escadas e preferir as que tiverem corrimão

Não pegar objetos pesados

* Evitar o sedentarismo

Como:

Fazer exercícios com orientação especializada, pois atividade física de forma errada ou excessiva também pode causar fraturas

Estimular todos da família a realizarem exercícios, principalmente os mais jovens, como forma e prevenir a perda da massa óssea futuramente

Não realizar atividade física acima de suas possibilidades

* Dieta equilibrada

Como:

Dieta rica em laticínios, peixe, vegetais verdes, legumes, frutas

Estimular sempre que possível a amamentação com leite materno

Não fazer dieta para emagrecimento sem orientação médica, que possa levar à magreza excessiva, anorexia e bulimia

Evitar o excesso de café e refrigerantes à base de cola

* Exponha-se ao sol

Como:

no inicio da manhã ou final da tarde, por 15 a 30 minutos

* Evitar o fumo

Por que:

O cigarro acelera a perda da massa óssea

* Evitar bebidas alcoólicas

Por que:

O uso excessivo de álcool acelera a perda da massa óssea

* Densitometria Óssea

Como:

A partir dos 40 anos, realizar uma vez por ano a densitometria, exame que mede a massa óssea, principalmente se tiver familiares com osteoporose

* Prevenção na Menopausa

Como:

Na ocasião da menopausa, conversar com o ginecologista ou especialista em osteoporose sobre a necessidade do uso de suplementação hormonal, de cálcio e vitamina D

* Suplementação Oral de Cálcio e Vitamina D

Como:

Caso use medicamentos que estimulem o aparecimento da osteoporose, como corticóide, anticoagulantes, hormônio tireoidiano, antiácidos, anticonvulsivantes, converse com seu médico sobre a necessidade de iniciar um tratamento preventivo da osteoporose, pelo menos com a suplementação oral de cálcio e vitamina D

* Amamentação

Estimular a amamentação com leite materno, pois o mesmo garantirá melhor massa óssea no futuro.

Fonte: Sociedade Brasileira de Reumatologia/ site www.emedix.com.br/dia/04mai16sbr-dpo-osteoporose.php

ATIVIDADE FÍSICA FAZ BEM A SAÚDE (DICAS)

Foto meramente ilustrativa (Internet)

Qualquer pessoa pode fazer atividade física?

Sim. Você não precisa ser um atleta para cuidar da sua saúde. Caminhar pelo bairro, correr, andar de bicicleta, nadar, dançar ou passear com o cachorro, também pode trazer um monte de benefícios. Principalmente se você aproveitar tudo isso para estar em contato com o meio ambiente. É só escolher algo que dê prazer e praticar com regularidade. A cidade é sua. Você tem o direito de usufruir dos espaços para lazer e atividade física, mas tem o dever de preservá-los. Assim você vai descobrir que fazer atividade física é mais simples do que parece. Nunca deixe de consultar seu médico ou um profissional de educação física.

O que você ganha?

– Fortalece os músculos
– Melhora a qualidade dos ossos
– Melhora a freqüência dos batimentos cardíacos e a circulação sanguínea

Foto meramente ilustrativa (Internet)

   – Use roupas leves e prefira as horas mais frescas do dia
– Não use plásticos em volta do corpo. Eles aumentam a desidratação e a      temperatura corporal
– Coma mais frutas, verduras e legumes
– Prefira sucos ou água a refrigerantes

O que você evita, controla e diminui?

– Doenças cardiovasculares
– Ansiedade e depressão
– Obesidade e diabetes
– Osteoporose
– Alguns tipos de câncer

Algumas dicas importantes para a prática de atividades físicas:

   – Não faça atividades físicas em jejum e beba água antes, durante e depois
– Atividade em grupo ou com um amigo ajuda a manter o estímulo
– De preferência a lugares apropriados, como parques
– Use sempre o filtro solar

Foto meramente ilustrativa (Internet)

 

 

Fonte: bvsms.saude.gov.br

Fotos: Meramente ilustrativas (Internet)

Pesquisa, resumo, montagem e edição: Wilson Souza (Assessoria de Imprensa Astir) 

ORIENTAÇÃO SOBRE O USO DE MEDICAMENTOS

Foto meramente ilustrativa

Medicamentos são substâncias que objetivam curar doenças ou aliviar sintomas. São usados para trazer bem estar, porém, se os devidos cuidados não forem tomados, podem causar problemas.

– verifique sempre o prazo de validade dos medicamentos antes de usá-los;

– não use medicamentos com embalagens estragadas, sem rótulo ou bula;

– não utilize a mesma receita médica mais de uma vez, pois um medicamento que foi usado antigamente pode não ser o correto hoje.

– não compre medicamentos que foram indicados por vizinhos ou amigos; fale primeiro com seu médico;

– não misture medicamentos sem a devida orientação;

– ao comprar um medicamento peça informações sobre possíveis reações indesejáveis;

– só use medicamentos com orientação de seu médico;

– se apresentar algum sintoma diferente ao tomar um medicamento, procure seu médico;

– siga sempre as orientações do médico quanto ao modo de usar e a dosagem;

– bebês, mulheres grávidas ou que estejam amamentando não devem tomar medicamentos sem orientação médica;

– evite consumir bebidas alcoólicas quando estiver fazendo uso de medicamentos.

Todo medicamento deve ser guardado em locais seguros, arejados, secos e protegidos da luz; nunca em cima da geladeira, no banheiro, embaixo de pias ou próximas de materiais de limpeza; sempre longe do alcance de crianças e de animais domésticos.

Crianças e idosos devem ter cuidados especiais com a sua medicação.

Foto meramente ilustrativa (Internet)

Riscos de se ter uma “farmácia” em casa:

– risco de usar medicamentos vencidos ou estragados;

– risco de tomar medicamentos receitados para outras pessoas da família;

– envenenamento acidental de crianças e de animais domésticos.

Plantas medicinais podem auxiliar no tratamento de doenças, mas devem ser usadas com orientação adequada, pois também podem causar danos à saúde.

Foto meramente ilustrativa (Internet)

 

 

Fonte: bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/216_uso_medicamentos.html

Fotos: Meramente ilustrativas (Internet)

Pesquisa e edição: Wilson Souza – Assessoria de imprensa Astir

Hipertensão e Diabetes

Hipertensão Arterial Sistêmica

  • O que é?

Quando uma pessoa sempre apresenta pressão arterial igual ou superior a 140×90 mm/Hg ela é considerada portadora de Hipertensão arterial sistêmica (HAS).

  • Como saber que é hipertenso?

Na maioria dos casos, estas pessoas podem não sentir nada. Por isso é muito importante que você verifique seus níveis de pressão arterial regularmente. A HAS não tratada aumenta os riscos de doenças do coração e dos vasos, afetando o cérebro e os rins.

  • O tratamento é muito importante

A hipertensão arterial relaciona-se com:

  • 80% dos casos de acidente vascular encefálico (conhecido como derrame);
  • 60% dos casos de doença isquêmica do coração (que pode causar infarto);
  • 70% dos casos de insuficiência renal grave levando à hemodiálise;
  • 40% dos casos de aposentadoria precoce e faltas ao trabalho, no Brasil.
  • No Brasil a hipertensão é a segunda causa de internamento hospitalar é a primeira causa de morte por doenças do coração e dos vasos.
  • Prevenir é o melhor remédio

Uma vida saudável diminui o risco de aparecimento ou complicação do diabetes, doenças do coração, pressão alta, AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis.

  • Fórmula da Vida Saudável

Cuide do seu prato e do seu peso

Sal o inimigo silencioso
  • Coma menos sal e alimentos salgados. Os campeões do sal são:
  • Temperos como caldos, shoyu, mostarda e ketchup, glutamato monos sódico
  • Embutidos como salsicha, mortadela, lingüiça, presunto, salame, bacon
  • Conservas como picles e azeitonas e enlatados
  • Queijos, principalmente os amarelos
  • Bacalhau, charque, carne seca e defumados
Imagem meramente ilustrativa – Design Guilherme Batista
  • Evite alimentos gordurosos
  • Evite açúcar e doces em geral
  • Prefira frutas, verduras, fibras, temperos naturais, óleos vegetais, carnes grelhadas, alimentos cozidos ou refogados
    Bacalhau, charque, carne seca e defumados
Imagem meramente ilustrativa
  • Mexa-se 30 minutos por dia

Faça exercícios regularmente, mas antes se oriente com seu médico e o profissional de educação física.

Não fume
Evite bebidas alcoólicas
Use camisinha nas relações sexuais
Relaxe e seja feliz!
Use o tempo livre para o lazer;
Controle o estresse;
Cuide de si mesmo;
Cultive amizades;
Durma bem;
Respeite seu corpo
Fiquem atentos
Os fatores de risco para doenças do coração e dos vasos são:

  • Ser hipertenso e/ou diabético
  • Ter problemas com colesterol e/ou triglicerídeos
  • Ser fumante
  • Ter mais de 60 anos
  • Ter parentes com doenças do coração e dos vasos

Ser obeso e/ou sedentário

Fonte: www.saude.curitiba.pr.gov.br

Fonte: Design Guilherme Batista (foto 2)

Fonte: Imagem 2 – Internet meramente ilustrativa