Astir realiza atendimento médico 24 horas no S.P.A

A associação dos policiais militares e bombeiros militares do Estado de Rondônia, ASTIR, realiza atendimento médico infantil e adulto 24 horas no serviço de pronto atendimento (S.P.A), para urgências e emergências dos associados (as) e seus dependentes.

Elinete Alves, recepcionista do S.P.A, fala que o paciente ao dar entrada na urgência ou emergência, preenche a ficha de atendimento médico, conforme a carteirinha do associado (a).  De acordo com a gravidade do caso o paciente é atendido imediatamente e a ficha é preenchida com os dados da carteirinha através do acompanhante ou quando o paciente estiver estabilizado.

 

Recepcionista do S.P.A Elinete Alves

 

A técnica de enfermagem Geralda Lima, diz que trabalha no S.P.A há 5 anos e tem a missão de aferir a pressão arterial e temperatura dos pacientes usando termômetro para verificar se apresenta febre, dando assim maior rapidez e informações importantes ao profissional médico. Após a devida consulta médica, se forem prescritos medicamentos injetáveis ou orais, a técnica fará o procedimento, conforme receituário.

 

Técnica de enfermagem Geralda Lima

 

A médica clinica geral, Iaisa Ribeiro, disse que atende em média 30 pacientes por plantão de 12 horas. Ela explica que a maioria dos que buscam atendimento no S.P.A, apresentam histórias de cólicas renais, menstruais, transtorno do humor, diarréia, vomito, lombalgia (dores nas costas), lombociatalgia (dores nas costas e do nervo ciático), amigdalite com febre (infecção nas amígdalas), lesões de pele causadas por objetos cortantes, queimaduras, estiramento muscular, otite média com fortes dores no ouvido (infecção no ouvido), crises de asma, bronquite, virose, entre outras.

“O paciente recebe todo suporte de atendimento de urgência e emergência, caso seja necessário, após o quadro estar estabilizado, o associado (a) é internado no Hospital Tiradentes e havendo necessidade é encaminhado para um profissional médico especialista da patologia (doença)”, diz a médica.

 

Médica clinica geral, Dra. Iaisa Ribeiro

 

Iaisa, disse ainda para o paciente evitar o uso de medicamentos vencidos, sem receituário médico e principalmente por indicação de pessoas não habilitadas, ou seja, o médico ou farmacêutico (profissional devidamente credenciado pelo Conselho Regional de Farmácia – CRF – identificado facilmente pelo crachá do CRF). Em caso de dúvida procure orientação médica, qualquer medicamento usado de forma inadequada é perigoso para sua saúde e pode acontecer que ao ingerir, a pessoa corre o risco de ser alérgico o que complica e retarda a cura da doença, como também aumentar a severidade da enfermidade.

 

CB PM Alan Mota – diretor executivo da Astir

 

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota, comenta que este ano haverá investimentos em novos e modernos equipamentos, aparelhos e um mix maior de medicamentos a disposição dos profissionais médicos no S.P.A. “O Serviço de Pronto Atendimento, funciona 24 horas, com profissionais médicos especializados em clinica geral e pediatria. Durante o dia o pediatra do ambulatório atende as emergências no S.P.A e à noite, fins de semana e feriados fica a disposição dos pequenos pacientes um pediatra de plantão á exemplo da clinica geral, 24 horas”, concluiu.

 

Texto: Wilson Souza

Fotos Wilson Souza

Fontes: Dra. Iaisa Ribeiro, Tec. Enf. Geralda Lima/ Elinete Alves e Alan Mota