25 de Dezembro – Dia de Natal

O dia de Natal, que celebra o nascimento de Jesus Cristo, é comemorado em 25 de dezembro e remonta à época da cristianização da Europa.

No dia 25 de dezembro, na maior parte dos países de cultura cristã, celebra-se o nascimento de Jesus Cristo, considerado pela tradição cristã como o Filho de Deus e uma das três pessoas da Trindade Santa, junto ao Espírito Santo e Deus Pai. O nome mais usual que é empregado para se definir essa data é, simplesmente, o Natal. Todavia, sabemos que nem nos Evangelhos e nem em quaisquer outros textos que tratam da história de Jesus Cristo há evidência de que ele tenha nascido no dia 25 de dezembro. Por que, então, comemoram o seu nascimento nesse dia?

Bem, para respondermos à indagação acima, é necessário que saibamos um pouco da história do cristianismo e de sua relação com as civilizações européias no período da Antiguidade Tardia (transição da Idade Antiga para a Idade Média). Após a morte e ressurreição de Cristo, por volta de 33 d.C., às primeiras comunidades cristãs formaram-se ainda no Oriente Médio, mas logo se disseminaram para outras regiões, como a Ásia Menor e a Anatólia, que compreendia domínios do Império Romano com grande influência da cultura helenística. Não demorou muito para que pregadores cristãos chegassem à cidade de Roma e lá também se disseminassem. Foi nesse contexto de expansão do cristianismo dentro dos domínios do Império Romano que as datas de celebração aos antigos deuses romanos foram assimiladas e transformadas pelos cristãos.

Uma dessas datas era 25 de dezembro, dedicado ao deus Mitra, uma divindade solar. O culto oficial a Mitra foi instituído pelo imperador Aureliano em 273 d.C. O dia 25 de dezembro, a partir de então, ficou conhecido como o dia do Natalis Solis Invicti (O Nascimento do Sol Invencível). Na medida em que a parte ocidental do Império Romano deteriorava-se com as invasões bárbaras, o cristianismo passou a ter mais espaço e mais influência. Assim, a data dedicada a Mitra foi convertida no dia do nascimento do Deus Filho, o Salvador da Humanidade, que traz a remissão dos pecados e a esperança da ressurreição da carne, do mesmo modo como o Sol traz a esperança das colheitas após o inverno. O simbolismo do Sol foi transferido para a figura de Cristo. É por isso que se comemora o dia do Natal em 25 de dezembro.

Sabemos também que o dia do Natal é uma ocasião propícia para reuniões familiares e para ações de solidariedade, mas também é uma data carregada de simbolismo que nem sempre conhecemos a origem e o significado, como a árvore de Natal, o presépio, a guirlanda, papai Noel e muitos outros. Boa parte desses símbolos também foi fruto de criação cristã ou assimilação de símbolos pagãos feita por cristãos.

O presépio, espécie de maquete que encena o nascimento de Cristo, foi criado por São Francisco de Assis no século XIII e é utilizado até hoje. O papai Noel é um personagem que deriva da figura de São Nicolau, que distribuía presentes para as crianças no dia do Natal, no século IV. A árvore de Natal, por sua vez, foi assimilada de cultos de culturas pagãs nórdicas por São Bonifácio, no século VIII.

Ano-Novo

Próximo Ano-Novo 1 de Janeiro de 2018 (segunda -feira)

Ano-Novo é a comemoração de um novo ano que se inicia, e é celebrado na passagem de 31 de dezembro para o 1º de janeiro. Também chamado de Réveillon, termo em francês que significa “despertar”.

Origem do Ano-Novo

Entre 753 a.C. e 476 d.C o início do ano civil acontecia no dia 1º de março. Para persas e fenícios, entre outros povos, a data ainda era outra, 23 de setembro.

A comemoração de Ano-Novo com a data que conhecemos hoje tem sua origem em 46 a.C, quando o governador romano Júlio César criou um decreto para que o dia 1º de janeiro fosse o Dia do Ano-Novo.

Tradições

Existem diversas tradições típicas para a festa de comemoração do Ano-Novo, e cada país geralmente possui a sua. No Brasil, por exemplo, é costume usar roupas brancas, pular 7 ondas do mar, assistir os shows de fogo de artifícios, comer uvas e etc.

A chegada de um novo ano é celebrada com a promessa de renovação dos votos de esperança, alegria, amor e fraternidade. Nessa época, as pessoas fazem promessas para o ano que se inicia, e refletem sobre a vida que tiveram no ano que acaba.

Cada cidade costuma concentrar a sua população num tradicional ponto turístico ou local de bastante significância para celebrar esta data.

No Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo são dois locais muito procurados para as comemorações de Ano-Novo, onde a atração principal são os fogos de artifício em Copacabana, no Rio, e na Avenida Paulista, em São Paulo.

Dia da Confraternização Universal

É também no dia de Ano-Novo que se celebra o Dia da Confraternização Universal, conforme reconhecido pela ONU – Organização das Nações Unidas.

Ainda se comemora o Dia Mundial da Paz, desde 1968, quando o Papa Paulo VI instituiu uma data para celebrar a paz entre os povos.

Mensagem de Ano-Novo

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota, deseja a todos um feliz natal e próspero ano novo, o que deixa patente na mensagem que segue:

Adeus, ano velho! Feliz, ano-novo! Que neste próximo ano, todos os sonhos, objetivos e conquistas que não foram possíveis realizarem possam se tornar realidade!O ano que passou vai deixar saudade, mas não fique triste… O próximo promete o dobro de aventuras, conquistas e felicidades! Feliz Ano-Novo!Chegou aquele momento do ano em que devemos repensar em todas as atitudes e objetivos que temos em nossa vida! Que este ano que se aproxima seja de pura realização para você! Felicidades… Finalizou Alan Mota.

Fontes: http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-natal.htm/https://www.calendarr.com/brasil/ano-novo/

Legenda foto: CB PM Alan Mota – diretor executivo da Astir (foto Wilson Souza)
Transcrição, adaptação, distribuição e edição de texto: Wilson Souza
Imagens meramente ilustrativas (Google)
Publicação e formatação: Stanley Monteiro (Web design – site e gráfico)

NÃO considere as informações contidas nesse texto como perfeitas, pois as mesmas são de responsabilidade dos sites citados na fonte(Nota da Assessoria de imprensa)

 

Esta notícia foi visualizada 30 vezes